O que é dermatologia e que doenças costumam tratar

A Dermatologia é uma especialidade médica cuja área de conhecimento se concentra no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças e afecções relacionadas à pele, pelos, mucosas, cabelo e unhas.

Com isso, o profissional dessa área atua,estuda, realiza tratamentos, relacionados a mais de três mil doenças dermatológicas que afetam a pele de crianças, adultos e idosos.

O dermatologista por atuar no momento de diagnóstico de uma doença em contato direto com o paciente, também tem obrigações éticas e morais com relação à prevenção e tratamento de doenças.

Portanto, além de orientar sobre cuidados gerais, solucionar problemas estéticos e trabalhar na manutenção da beleza da pele, um especialista desse setor pode tratar com precisão acnes, alergias, vitiligo, psoríase,queda de cabelos, hanseníase (lepra) e câncer de pele.

Contudo, essa especialidade médica também possui capacitação para tratamento de doenças, como infecções na boca, lábios,gengiva, língua e também na área genital. Para estes casos, englobam-se as doenças sexualmente transmissíveis (DST) ou doenças venéreas.

Tipos de doenças tratadas pela dermatologia

Na dermatologia algumas doenças possuem maior recorrência e tratamentos ativos como solução, como, por exemplo:

Acne

Mais conhecida como espinha, a acne é uma condição frequente, principalmente em adolescentes. Classificada como uma doença inflamatória crônica que acomete o rosto, peito e costas, tendo origem na glândula sebácea, na qual, nota-se a obstrução dos poros, inflamações e excesso de oleosidade, como principais sintomas.
Para ambos os tratamentos, lesões cutâneas ou cicatrizes, é vital que se tenha orientação junto a um dermatologista experiente, pois com avaliação detalhada torna-se possível compreender os tipos de acne, grau de comprometimento da pele, fatores importantes para cura da doença, formulando assim  alternativas para cada caso, levando em consideração a idade e estilo de vida do paciente.

Câncer de Pele

Além da predisposição genética característica ao organismo de uma pessoa, alguns fatores de risco podem aumentar a probabilidade de desenvolvimento dessa neoplasia.

Como, por exemplo, exposição solar intensa,bronzeamento artificial, queimadura para pessoas com pele clara e múltiplas pintas. Os principais tipos são o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular, podendo ser também dos tipos melanoma e não melanoma.

Portanto, atentar-se ao aparecimento de novos sinais e/ou mudanças de tamanho e coloração de manchas e pintas já existentes,é um cuidado muito importante, devendo ser um hábito, não somente as pessoas com maior propensão a essa doença, mas todos que possam perceber sintomas.

Devido seu conhecimento aprofundado na área, o médico dermatologista é o profissional mais indicado e requisitado para todas as fases, desde o diagnóstico preciso através de exame clínico até o tratamento, podendo ser cirúrgico ou não.

2 – Dicas dermatológicas de cuidado a pele

Como senso comum e de extrema importância, a higienização da pele deve ser mantida com periodicidade diária, para mantê-la longe de poluentes acumulados e agentes infectantes oriundos de fatores naturais externos, como poeiras, poluição, entre outros.

Portanto, é recomendado realizar limpeza pelo menos duas vezes ao dia, em geral ao acordar e antes de dormir,para dessa forma reduzir a oleosidade excessiva da pele e resíduos de maquiagens.

O acúmulo de sujeira na pele do rosto acarreta no fechamento dos poros, prejudicando as camadas e favorecendo o aparecimento de cravos, espinhas, além de contribuir para o envelhecimento precoce.

Para prevenção e controle desses sintomas é recomendável usar sabonete adequado para cada tipo de pele,preferencialmente, líquido. Como exemplo, as peles oleosas a mistas, o ideal é optar por sabonetes à base de ingredientes adstringentes que favorecem a remoção das impurezas e a desobstrução dos poros.

Já aos casos de peles secas e normais,o recomendado são os sabonetes líquidos com ph neutro, sendo complementado com loção ou leite (creme) para melhor limpeza.

Dicas para deixar a pele mais bonita e preservada

Hidratação

Ponto chave para manutenção de uma pele viçosa e bem cuidada, a hidratação possui objetos e vantagens que vão além de manter a integridade da camada de proteção cutânea e evitar problemas como descamação, ressecamento, envelhecimento precoce, irritações e infecções.

Com isso, deve-se fazer presente no dia-a-dia a presença de hidratantes adequados específico a cada tipo de pele,sendo esses específicos para rosto e corpo.

Uma boa hidratação deve ser feita tanto nas camadas externas da pele quanto no interior do corpo, ou seja, além do uso de produtos específicos, recomenda-se a ingestão diária de, no mínimo,dois litros de água.

Demais medidas como evitar exposição excessiva ao sol, manter uma dieta rica em frutas e verduras, controlar o uso excessivo de sabonetes, buchas, banhos muito quentes e/ou prolongados, além de diminuir o número de esfoliações em circunstâncias desnecessárias.

Proteção Solar

A exposição intensa e prolongada aos raios solares pode provocar diversas alterações à pele, como o surgimento de pintas,sardas, manchas, rugas e outros problemas.

Em casos mais graves a alta exposição ao sol pode ocasionar o aparecimento de tumores benignos (não cancerosos) ou malignos, como o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma.

Baseado em estudos e pesquisas, a maioria dos cânceres de pele estão relacionados à exposição ao sol, por isso alguns cuidados são importantes para prevenção dessa neoplasia. Primeiramente, ao sair ao ar livre, procurar ficar na sombra, principalmente se a exposição for entre 10 e 16 horas, quando a radiação UVB é mais intensa.

Também é sempre necessário, usar em grande quantidade e frequência durante o dia, o protetor solar com fatoração 30ou maior. Cobrir as áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas, além de óculos escuros complementa mas estratégias de proteção.

3 – Realize o combate as suas rugas junto a um dermatologista experiente

Com objetivo de eliminar rugas e linhas de expressão do rosto, pescoço e colo, milhares de pessoas buscam os mais diversos tratamentos existentes para alcance de melhorias estéticas e até mesmo funcionais para o corpo.

Alguns métodos estão mais presentes no mercado como, por exemplo, os tipos de lasers,além de luz intensa pulsada e radio freqüência, que promovem a produção de células que fortificam e sustentam a pele. 

Considerando o tratamento anti-rugas como um método preventivo, pode ser recomendado e iniciado, a partir dos 25 anos, com cremes e cuidados diários, ou até mesmo tratamentos estéticos.

Entretanto, o mais comumente visto são às intervenções realizadas a partir dos 30/35 anos quando nota-se com maior evidência que a pele está mais flácida e marcada.

Uma avaliação minuciosa pode indicar qual protocolo pode ser usado para manter a firmeza da pele, eliminando completamente as rugas e linhas de expressão.

Abaixo explicamos mais um pouco sobre cada procedimentos que combatem com eficiência rugas e demais incômodos estéticos faciais:

  • Radiofrequência: Aparelho estético que aumenta a produção de novas células de colágeno e elastina, responsáveis pela saúde e sustentação das camadas epiteliais
  • Creme anti-rugas: Aconselhável ser utilizado, no mínimo, duas vezes ao dia, principalmente pela manhã e à noite. Em geral, a composição destes produtos engloba ingredientes como peptídeos, fatores de crescimento, antioxidantes, retinol, DMAE e filtrosolar
  • Microagulhamento: Procedimento efetuado por um pequeno aparelho com micro e finas agulhas que realizam pequenos furos na pele, aumentando apenetração das substancias que atuam no tratamento mais incisivo e buscado.
  • Técnicas de terapia manual: Com intuito de possibilitar aos tecidos faciais por meio de seu fortalecimento,estiramento e mobilização dos músculos. 

Já para rugas profundas, essas marcadas mesmo com a pele estando esticada, os seguintes procedimentos podem ser feitos:

  • Peeling com ácidos: Escolhidos conforme a necessidade e objetivo de cada paciente, podendo ser ácido glicólico ou retinóico, que leva à esfoliação das camadas da pele,promovendo um novo tecido, livre de manchas e rugas.
  • Laser HeNe: Aplicado em diversos disparos no rosto, não sendo sobrepostos e com ação que pode causar desconforto, sendo este atenuado por anestesia ministrada antes da sessão.
  •  Radiofrequência: Assim como para rugas finas, esse método também promove novas células de colágeno e elastina, fundamentais para a firmeza da pele, trazendo, portanto bons resultados para rugas mais profundas.
  • Preenchimento com ácido hialurônicoEsse recurso pode ser aplicado em consultório, através de algumas injeções do ácido hialurônico na face, em forma de gel, indicado para preencher rugas, sulcos e linhas de expressão do rosto.
  • Plasma rico em plaquetas: A injeção de plasma rico em plaquetas é outra alternativa bastante utilizada em diversos consultórios, pois induz a síntese de colágeno e outros componentes da matriz extracelular através da ativação de fibroblastos, proporcionando rejuvenescimento acelerado.

Por fim, em ambos os tipos de rugas, porém mais comum em rugas profundas, as cirurgias plásticas, como no caso de lifting facial, por exemplo,aparece como opção para eliminação desses sinais.

Se você quer saber mais, visite o site da Dra. Josy Sasaki, dermatologista em Florianópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *