Exercícios de antebraço que vai fortalecer e dar volume

Você treina antebraço em seu treino de musculação? Então veja essas dicas do Treinart.

Se você não treina, deveria. O músculo do antebraço vai te ajudar em exercícios com pegadas na barra, e a fortificar seus punhos.

Além do mais, o antebraço da uma visão incrível de ter uma aparência maior quando ele tem um bom volume muscular.

Vamos te mostrar agora alguns exercícios de antebraço que você pode adicionar em seu treino, geralmente feito com o treino de bíceps:

03 Exercícios de antebraço

1- Flexão dos antebraços com barra

  1. Em pé com as pernas ligeiramente afastadas, braços estendidos, palma da mão direcionada para dentro
  2. levante a barra flexionando apenas os antebraços ate o movimento final e volte para a posição inicial e repetir

Este exercício permite trabalhar os extensores do punho: extensor radial longo do carpo, extensor radial curto do carpo, extensor dos dedos, extensor do dedo mínimo e extensor ulnar do carpo. Além disso ele atua sobre o braquiorradial, o braquial e, em menor extensão sobre o bíceps do braço.

2- Extensão dos punhos com a barra

  1. Sentado, os antebraços repousando sobre as coxas ou sobre um banco, a barra mantida com a palma da mão para baixo
  2. realizar uma extensão dos punhos e descer novamente, repetir

Este exercício solicita o extensor radial longo do carpo e o extensor radial curto do carpo, o extensor dos dedos, o extensor do dedo mínimo e o extensor ulnar do carpo.

Dica: Este exercício é excelente para reforçar a articulação do punho comumente fragilizado pela fraqueza dos músculos extensores

Este exercício de antebraço é um pouco pesado, bom para fazer com poucas cargas. Pode ser feito com halteres também.

3- Flexão dos punhos com barra

  1. Sentado com os antebraços repousando sobre as coxas ou sobre um banco, segurando a barra com as mãos voltadas para cima
  2. executar a extensão dos punhos ate a fase final e descer novamente, repetir novamente

Este exercício solicita o palmar longo, o palmar curto, o flexor ulnar do carpo, assim como os flexores profundo e superficiais dos dedos. Esses dois últimos músculos, apesar de situações profundamente, constituem o essencial do volume dos flexores.

Dica: Este exercício pode ser feito também em máquinas específicas e com halteres

7 erros mais cometidos no treino de bíceps

Muitas pessoas cometem vários erros no treino de bíceps que acabam nem percebendo, limitando assim o seu ganho muscular nos braços, vamos mostrar aqui os 7 erros mais cometidos no treino de bíceps:

1- Má execução

Este é um dos erros mais cometidos no treino de bíceps, as pessoas executam muitos exercícios incorretamente colocando cargas muito altas e acaba roubando nas séries fazendo pêndulos com as costas. Ocorre também das pessoas fazerem o exercício por incompleto, ou seja, não executa o exercício com a amplitude ideal.

2- Repetições muito altas

Quando falamos de repetições altas isso quer dizer que as cargas que você esta usando esta muito leve, você acaba fazendo muitas séries com peso leve e acaba nem chegando a falha do exercício, você termina a série pelo cansaço.

3- Trabalhar o bíceps no final do treino

Muitas pessoas fazem o treino de costas com mais de um músculo por dia e acaba deixando os bíceps por último. Isto não é um erro, mais as vezes é bom alternar a ordem dos treinos colocando o bíceps em primeiro de acordo com suas prioridades, deixando o bíceps sempre em secundário talvez ele esteja necessitando um pouco mais de prioridade.

4- Sempre os mesmos exercícios

Algumas pessoas fazem sempre os mesmos exercícios ha muitos meses e não gostam de ficar mudando, é necessário alterar os exercícios a cada 2 ou 3 meses para que os músculos não fiquem estagnados e congelam seus ganhos.

5- Pesos leves demais

Esse erro é um pouco mais comum para iniciantes de academia, claro que não se deve chegar na academia logo de início e já colocando altas cargas, mais o que acontece é que muitas pessoas esta fazendo o exercício tão leve que ate se distrai na frente do espelho, não chegando nem a falha do exercício.

6- Overtraining

Isso ocorre quando treinamos um músculo que ainda não se recuperou totalmente do treno anterior. Este é um erro muito comum, as pessoas querem trabalhar o bíceps diversas vezes na semana achando que terá um ganho maior e acaba cometendo esse erro grave.

7- Má alimentação

Outro erro muito comum também é você se matar no treino de bíceps na academia e não fazer uma boa alimentação, isso acaba comprometendo os seus ganhos. Para ter um bom ganho de massa muscular o mínimo a se fazer é uma boa alimentação seguido de um bom descanso.